sábado, 24 de agosto de 2013

JOVEM: NÃO DEIXE SEU FUTURO TORNÁ-LO EM MARIONETES.


PONTO DE VISTA - JOTA MELO
 
 

Ao ver o nosso jovem dominar a Internet, os programas nos computadores, celulares e outros sistemas eletrônicos, admiro e parabenizo pela habilidade que conduz o manuseio dos mesmos. Mas, me preocupo quando o assunto é política, especial na escolha dos representantes das três esferas: Municipal, Estadual, Federal, bem como outros líderes também, como, na escola, faculdade, Igreja, outros. O líder é como um pastor de ovelhas que orienta, comanda, trilha os caminhos a seguir... “E isso que me preocupa, a juventude assídua e sábia em relação a internet, tecnologia, mas tanto quanto distante da discussão política.” 

 

Vejo que é importante a participação do jovem nos debates em todos os lugares – desde uma pequena reunião na escola, até alta corte no senado. É interessante a presença do jovem para relacionar com assuntos em pauta, assim, consegue adquirir conhecimentos e aprende discernir as intenções dos nossos representantes. - Acredito na capacidade do jovem, e confio, pois bem informado, terá mais bagagem e oportunidade, resistência para defender a nação das possíveis Leis que lacaios políticos criam e aprovam para beneficiá-los, e não ao bem comum!      

 

Nós, brasileiros, parecemos que já vimos atrelados a cultura ou possivelmente mistura de raças, religiões, pensamentos; o costume da omissão, calar por medo, pressão, ameaças, perseguições em relação aos superiores, tanto do poder governamental quanto dos poderosos empresários, que comandam centenas, ou milhares de funcionários. Então funcionários por medo de demissões, não questionam; permanecem em silencio. Na verdade, esse é o real objetivo dos poderosos, querem o silencio profundo dos colaboradores! - Por conta disso, somos vigiados dia e noite para que não saiamos do controle, o melhor, das rédeas dos poderosos, pois as correias do cabresto manejam os freios da direção para onde devemos seguir...

 

Reitero: “Acredito e tenho certeza, na força do jovem brasileiro, por isso, creio que os adolescentes, em especial 16 anos, os quais podem votar, possam interessar moldando a visão em relação a política, ler bons livros que falem do fundamento da política; Constituição federal; Bons jornais; revistas; artigos e crônicas, ouvir opiniões, participarem das sessões na câmara municipal da cidade; visitar Assembléias legislativas; enfim, formar grupos de frente nas escolas e cobrar dos diretores, viagens com alunos aos museus, locais turísticos, históricos, culturais. Só assim, vai conseguir abrir leque para aprofundar conhecimentos!  Infelizmente somos manipulados pelos meios de comunicação que vem poluindo nossos jovens com programas inúteis e que nos mostram jogos violentos, cenas de sexos, traições, dicas ao mal, Internet que nos proporciona uma imensidão de sites para o mundo das drogas e outras perdições... Quantas coisas inúteis nos prende horas e horas na frente da TV?  - Exemplos: Novelas desenformativas, Big-brother, a Fazenda. “Veja, confinaram um grupo de modelos, homens e mulheres num local, e faturam milhões em nossas custas! Faturam porque nós estamos assistindo e elevando a audiência! Nota-se, que os programas televisáveis que mais têm audiências, são aqueles que mais mostram MORTES, MISÉRIAS, DESASTRES de todas os níveis! Ora, os empresários procuram de todas as formas desviarem nossa atenção, não importa se é benéfico ou destrutivo, o foco, é audiência e capitalismo! Por outro lado, podemos pegar o vício de segui-los tornando-nos marionetes, robôs, bem como deixando de adquirir mais conhecimento!”

 

Num país que a política é motivo de piada, e que para eleger os lacaios é usado á bandeira da educação e da saúde. – Então, qual é o futuro da nação se não o conhecimento?” (Jota de Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário